Curtinhas

Curtinhas entrando no lugar dos links da semana, essa semana voltaram minhas aulas, e parece que estou num fuso horário diferente, fiquei muito cansada e acabei nem vendo muita coisa na internet nos últimos dias, aí não lembrei de nada que chamou a atenção mesmo. Como achei que tem mais curtinhas legais, e o blog é meu, adiei os links para outro dia.

Começando com o mais chocante, se você não viu ainda, não sei como, a HBO liberou um trailer do “On the Run Tour: Beyoncé e Jay Z”, que vai ser transmitido pelo canal dia 20 de setembro. O show vai ser gravado em Paris, e depois vai dar um gostinho para o resto do mundo que está sofrendo em não poder ver ao vivo essa loucura. No trailer Beyoncé canta Bang Bang, música que eu amo, para Jay-Z, o trailer está arrepiante.

000-sol-da-meia-noite

Ótima notícia para a moda brasileira, Alice Ferraz, Fhits, criou o projeto Brasil e o Sol da Meia Noite. Nesse projeto, 12 marcas brasileiras foram escolhidas para serem apresentadas e vendidas em uma loja pop-up de verão em Estolcomo, na Suécia, fazendo um intercâmbio entre as marcas brasileiras e suecas. Esse mesmo projeto aconteceu em Londres em 2012, e foi um sucesso. As marcas escolhidas são  Carla Amorim, Cecilia Prado, Debora Mangabeira, Dois Elles, Dudalina, Fit , Granado,  Julie Chermann,  Pat Pat’s, Riachuelo, Tigresse e Triya, ainda vão participar outras marcas suecas. Fora que a Vogue Brasil embarcou nessa viagem, e vai fazer um editorial exclusivo com as peças dessas marcas, tanto as brasileiras, tanto as suecas. E para quem quer ver a seleção dos produtos, e também quer comprar essas peças, o Walmart.com fez uma loja virtual com as peças.

Mario-Testino-ganha-exposição-no-MAB-da-Faap-4

Mario Testino desembarca em São Paulo essa semana, o super fotógrafo traz a exposição “In Your Face”, com parceria com a Burberry, Christopher Bailey vem para a abertura, são 122 fotografias selecionadas por ele, dentre as muitas que fez durante sua carreira. Entre as fotos, estão as mais fashions, quanto seus famosos retratos de celebridades e personalidades da nossa atualidade. A exposição será no Museu de Arte Brasileira da FAAP, de 29 de agosto a 12 de outubro.

colecao-starving-tracta-maquiagem-sombra-orion-hydra-batom-andromeda

Para quem, assim como eu, estava querendo muito um substituto mais acessível do Flat Out Fabulous da MAC, as meninas do Starving nos salvaram. O novo batom do blog com a Tracta, o Andrômeda, é um pink com um fundo roxo azulado maravilhoso. A cor é muito parecida com o Flat Out Fabulous, a Mandy fez a comparação na boca, e nem dá para ver muita diferença. Destaque também para a sombra Hydra e Orion, funcionam como pigmento, e tem um brilho lindo. Todos os produtos estão a venda no site da Tracta, só clicar nos nomes das cores. Desejando já!

 

Fotos: Reprodução

Anúncios

Jardineiras

Jardineira 4Já faz um tempo que tenho visto algumas jardineiras por aí, verão no hemisfério norte, só dava ela no streetstyle. Confesso que não tenho opinião formada pela peça ainda, me lembra muito roupa de criança. Mas com as lojas já lotadas com a coleção primavera/verão, tenho visto ainda mais jardineiras jeans, curtas, cumpridas, destroyed, de outras cores. Amei esses 4 looks, acho que não usaria, mas que a camiseta listrada, a jaqueta xadrez e a camisa jeans, deixaram a jardineira maravilhosa, não nego. Amo o estilo da Julie do Sincerely Jules, acho que esse look eu usaria, alpargatas, camiseta branca, e esse cabelo maravilhoso.

Jardineira 6

O primeiro segredo para usar, para mim, é escolher um modelo mais largo, não precisa ser enorme, estilo anos 90, mas algo que não marque tanto o corpo, a modelagem boyfriend funciona muito bem nas jardineiras. O modelo bem justo, com a calça skinny, me lembra muito algumas peças da Gang, lembram daquela marca de jeans carioca? Modelos super justos, levantando bem o bumbum, e marcando tudo e mais um pouco. Se a intenção é fazer a funkeira, essa é a escolha, mas prefira os modelos mais larguinhos, vestem muito melhor, e tem toda essa vibe fashionista.

Não gosto de impor nada, determinar que uma peça tem que ser usada de uma maneira específica e nada mais. Mas não vou negar que a jardineira calça funciona muito melhor com salto, alonga a perna e dá um efeito maravilhoso. Nas fotos dá para ver que para quem não alta e magra, o salto resolve bem. E o truque da barra dobrada, mostrando o tornozelo ajuda também.

Para a peça de baixo, menos é mais, está na dúvida, coloca uma camiseta básica, para dar uma interessância, uma camiseta listrada, uma camisa branca, ou com uma estampa não muito chocante, esse look com a camisa de bolinhas está lindo. Dependendo de onde você trabalha, esses looks com camisa branca e um scarpin, são totalmente usáveis, tem o lado fashion, mas ainda tem uma seriedade. Dá para ousar mesmo nos acessórios, uma cor forte de sapato, um colar poderoso, uma bolsa diferente, um batom vermelho.

Jardineira 1

Mas caso você seja como eu, e quase nunca usa salto alto, não desista. Continue com as jardineiras mais soltas, barra dobrada, e uma peça básica para combinar. Se você está com vontade de comprar uma jardineira, quando estiver em uma loja que tenha um modelo que você gostou, vale a pena provar com diferentes peças que você já tenha, vai com uma sapatilha básica, ou um outro sapato baixo que você goste e use muito. Prove e olhe de todos os ângulos, se gostou no corpo, se combinou com coisas que você gosta, tente ter o maior certeza possível antes de comprar.

Esse look com o slip on de onça está apaixonante, assim como o primeiro daqui de cima, é super básico, tem cara que viu a primeira roupa e colocou, mas tem toda uma coisa diferente. Essa peça tem que ter personalidade para usar, não é um look que a gente vê tanto por aí, mas se você tem vontade e se acha linda nele, já foi moda, já voltou e use feliz da vida.

Jardineira 5Para quem quer ser mais discreta, o modelo preto é ótimo. Principalmente se usado com peças pretas ou escuras por baixo. Os modelos de tecido mais fino, funcionam também para o trabalho. Olivia Palermo, linda e maravilhosa como sempre, mostra como a jardineira preta ficou boa com salto e sapatilha, e como deu outra cara com a camisa branca. Esse look com o tênis está lindo, parece preguiçoso, a jardineira folgada, o cabelo podrinho, mas tudo junto funcionou muito bem.

Jardineira 2
Para as ousadas, aposte nos modelos de couro. Já vi um modelo assim na Renner, mas já faz um bom tempo. Quase todos os looks daqui de cima são básicos, uma camisa ou camiseta branca, e um sapato básico, tanto a sandália, quanto o tênis, looks preto e branco não tem como errar. Achei linda essa peça com a parte de baixo de saia, gostei com a camisa estampada, mas acho que ficaria melhor algo no branco, ou cinza. Miroslava Duma, musa russa de streetstyle, ficou maravilhosa com a jardineira de couro nesse tom de vinho, e a camisa estampa, se eu tivesse o corpo dela e um super evento, queria sair assim amanhã.

Jardineira 3Mas o calor já está chegando, e a gente quer deixar as pernas de fora. Vou repetir mais uma vez, nada de modelos justos! Shorts larguinho por favor. A jardineira shorts fica linda com camisas e camisetas estampas, acho que por ser primavera/verão, a estação pede roupas alegres, leves, esse primeiro look da fileira de baixo, ficou ótimo com a camisa xadrez, tem uma cartela de cores próximas, varia no preto e branco, e os tons entre eles. O calor também pede conforto, aí acho que combinam mais as rasteiras, sapatilhas, tênis.

Tem vários looks lindos com jardineiras, continuo não sabendo se usaria, mas não digo nunca, pelo menos não mais, já falei de várias peças que nunca usaria, e hoje sou apaixonada, e outras ao contrário, jurava que usaria sempre, e hoje moram no fundo do armário. Mas se você se animou, tem que procurar e provar até achar uma que goste. E depois use com vontade.

Fotos: Pinterest

 

Como usar: Trench Coat

Trench coat

Quer comprar um casaco que você vai usar durante muito tempo e combina com tudo? Compre um trench coat, de preferência um bege, a cor tradicional, e pode investir em um bom, claro que se seu orçamento não permite um Burberry, várias marcas tem suas versões, Renner, Luigi Bertolli, Zara, a lista continua, só achar um que esteja na sua faixa de preço. O casaco foi uma adaptação de uma capa de chuva criada por Thomas Burberry, Thomas recebeu a missão do governo britânico de criar um casaco para os soldados na Primeira Guerra, cada detalhe do casaco servia a um propósito, as dragonas, aquela linguinha que fica nos ombros, servia para exibir as patentes dos oficiais e carregar o quepe, a aba no peito fornecia maior proteção para apoiar a arma, o cinto na cintura e nos punhos para manter o casaco firme no corpo, e proteger do vento. O gabardine, tecido invento por Thomas em 1879, é impermeável, revolucionou os casacos, que eram usados por soldados, exploradores dos polos, e os pioneiros da aviação ao redor do mundo. Mas hoje em dia usamos para trabalhar em situações menos aventureiras, para ir ao shopping, almoçar, passear.

Trench inverno

E com esse tempo louco de São Paulo, nem pensávamos que o frio voltaria, ele chegou congelando tudo. O trench é ótimo para esquentar, para os de tecidos mais finos, o segredo são as camadas, uma camisa de algodão, um suéter ou um tricot pesado, e o casaco, já resolvem, com jeans, legging, bota, tênis, sapatilha, scarpin, tudo funciona. O look total black fica melhor com mistura de texturas, Miranda Kerr usa a calça de couro, um tricot de blusa, e o tecido grosso, mas liso do casaco. Se você escolher o trench bege, ele vai com qualquer cor, mas se quiser manter a elegância, combine com preto, branco, azul marinho, cores mais sóbrias.

Trench coat 2

Mas se não estiver tanto frio, um calça jeans, uma camiseta, de listra para fazer a francesa, o sapato que quiser, e o trench, vai estar básica, mas com muita interessância no look. A camiseta listrada com azul marinho, jeans, sapatilhas ou um sapato de salto, nada muito alto por favor, são a cara do french style, clássica, confortável e sofisticada, esse último look daqui de cima da direita, é do livro A Parisiense, e a mocinha da foto é  Nine de la Fressange, filha de Inès, escritora do guia de estilo de Paris.

Trench cor estampaSe você já tem um trench bege, ou preto, e quer um outro diferente, os estampados e coloridos são uma boa opção, podem parecer muito mais difíceis de usar, claro que não são como o tradicional, mas combinam com várias coisas. O vermelho e o branco são os mais dia a dia, tenho os dois, não uso tanto o branco por dó de sujar, mas o vermelho fica ótimo com jeans, dá outra cara pro look. Mas se você gosta mesmo é de se arriscar na moda, pode escolher uma cor mais forte como o pink, ou o roxo, ou uma estampa, a oncinha é minha paixão, ainda vou encontrar um trench assim para morar no meu armário. Para usar tranquilamente os mais diferentes, o melhor é ser básica no resto look, jeans, camisa, escolher uma cor que esteja na estampa.

Trench calor

Com saia, shorts, vestido, o trench fica lindo, amo o truque do stylling de usar com vestido e arregaçar as mangas, literalmente, usei esse tipo de look esse fim de semana, tem foto lá no inta (já me segue lá?). O que acho legal do trench é que o look que parecia meio sem graça de shorts e camiseta, ganha toda uma vibe fashion com o casaco. Usar ele fechado, fazendo de vestido também é um truque legal, Olivia Palermo usou com a manga da camisa(?)  e a gola aparecendo, deu toda uma diferença.

É uma peça que vale o investimento, você vai usar quase o ano todo, dependo do clima de onde mora, combina com um milhão de coisas, e faz você pensar que vai guardar suas ricas dilminhas para comprar um original clássico em um futuro bem próximo.

Fotos: Pinterest

Curtinhas

Giuliana Romanno C&A

Começando pela coleção da C&A com a estilista Giuliana Romanno, a coleção chega nas lojas dia 19 de agosto. Depois de uma enxurrada de coleções de colaborações com as fast fashions, confesso que estava achando muita coisa sem graça nas lojas, Giuliana Romanno trouxe várias peças legais, muita coisa mesmo, os preços variam entre R$ 59,90 (tops) e R$ 299,90 (sandália de salto alto com cano destacável). Inclusive statement pieces que mostram bem o DNA da marca, destaque pro top/body que foi sucesso da grife, foi adaptado para a coleção da C&A e já estou desejando. A Andressa Fernandes fez um post no Garotas Estúpidas com todos os preços das peças aqui.

MAC Rihanna

Depois do sucesso da coleção da Rihanna para a MAC, a cantora volta a trabalhar com a marca, dessa vez uma segunda edição especial para a Viva Glam. São dois produtos, um batom marrom acizentado, e um lipglass malva, ambos metálicos. As cores não são tão habituais, mas para quem gosta de acabamento metálico, e para as meninas de pele negra, ficam lindos. O legal é que a toda a renda produzida com a venda dos produtos da Viva Glam é revertida para a M.A.C. AIDS FUND. Os produtos vão ser vendidos em setembro.

Farm Adidas

Chega hoje a segunda coleção da Farm para Adidas, esse vai ser só um preview da coleção, que vai ter a segunda parte lançada no final do ano, no alto-verão. As peças vão estar disponíveis na loja online da Farm e da Adidas e algumas lojas físicas selecionadas. Ao todo serão 4 estampas, 2 lançadas nesse preview, a indigo e a ariri, e mais 2 na segunda parte da coleção. Já amei tudo e quero tudo, essa parceria da Farm com a Adidas fez sucesso no mundo inteiro, e certeza que essa nova coleção vai vender loucamente.

Loubotin Angelina Jolie

Para o lançamento do filme Malévola, Angelina Jolie se juntou a Christian Louboutin, e desenvolveram o modelo Malangeli. O modelo foi totalmente inspirado no filme e no personagem de Angelina, a transparência e o salto diferente como os chifres da personagem, tudo remetendo a magia da história. O sapato já está disponível para a venda, mas claro que é uma edição limitada e em pouquíssima quantidade, só está vendido nas lojas de Nova York, Califórnia, Londres, Hong Kong e Paris, então amiga se já está embarcando, ou já está, em um desses destinos, e tem $1.200 na mão, parte da verba será destinada à SOS Children’s Villages, instituição que cuida de crianças órfãs ou abandonadas, faz a Cinderela, ops Malévola e vai ser feliz.

Fotos: Divulgação

 

Como usar: Franjas

Franjas 1

De uns tempos pra cá, só se vê franjas, começaram nas bolsas, todas numa pegada folk, boho, mas aí elas dominaram, jaquetas, brincos, botas. Acho essa tendência perigosa, é boho para Barretos em um pulo, tem que escolher uma peça com franjas, e ser básica no resto. Mas se a intenção é seguir a tendência do western, capa e recheio das últimas Vogues Brasil e America, o do último desfile Metiers d’Art da Chanel, e não quiser ficar caricata, tem algumas peças e dicas de styling fáceis de adaptar.

Franjas 2Para mim, a jaqueta é difícil de usar, não mais que a calça, mas por favor, não use calça com franjas, ao menos que você esteja querendo o look rodeio. Kate Moss sabe usar esse tipo de peça como ninguém, o estilo dela meio boho, meio rocker, fica ótimo. Pro look ficar mais dia a dia, o bom é combinar com peças neutras, jeans, camiseta, deixar a jaqueta ser o foco. Eu prefiro as jaquetas de camurça, chamois, do que as de couro mesmo, o couro, principalmente o sintético, tem aquele brilho (vi uma jaqueta de couro preta, com franjas na frente, na liquida em três C&As diferentes, e era simplesmente horrível), acho que fica mais leve com a camurça, o aspecto de gasto.

Franjas 3A bota tem sido meu caso de amor e ódio durante esse inverno, alguns modelos acho lindo, outros quero queimar. Prefiro as de cano baixo, com só uma fileira de franjas, tem a vibe boho, mas não é demais. As de cano mais alto, não tenho opinião formada, esses looks ficaram ótimos, mas acho que é pela bota ser preta, e a calça também, fica uma coisa só, alonga a perna. Mas esse tipo de bota fica melhor em quem tem perna fina e longa, porque as franjas aumentam a região. A Cony do Futilish fez um look lindo com a bota de cano curto, vale o clique. Com vestido ficou uma graça, com esse tempo doido, dá para sair assim quase qualquer dia. Gosto muito das em tons de marrom e cinza, mais até que as pretas, são mais leves, e dá para usar o ano todo, com jeans, legging, vestido.

Franjas 4

 

Mas é nas bolsas que a franja é minha paixão, adoro o movimento, ficar trançando as tirinhas para passar o tempo. Ficam ótimas em qualquer cor e modelo, tanto as pequenas tiracolo, grandes e as de festa. Falando em festa, amo franjas fininhas em vestido de festa, aquela coisa bem anos 20, Art Deco, mas tem que ser aquelas fininhas, delicadas, que aumentam o brilho, deixam com cara de elegante. Mas voltando as bolsas, tem vários modelos diferentes, prefiro as tiracolo pequenas, e coloridas. O bom é que combinam com quase tudo, principalmente para o dia a dia, dependendo do modelo, elas combinam com looks mais básicos aos mais clássicos. Na coleção primavera verão da Renner, tem alguns modelos lindos.

Franjas 6Ao menos que você viva debaixo de uma pedra, só se vê brincos com franjas, sejam as longas de corrente, ou as mil variações do tassel, aquela coisa com mil franjas que sua mãe colocou na cortina. O modelo leque com tassel virou desejo absoluto, dos looks do dia no Instagram, a mil lojas, tem várias cores, tamanhos, preços. Tenho um brinco com franjas, bem escuro, naquela cor de ródio negro, com um desenho Art Deco e umas franjas um pouco compridas, que é meu xodó, adoro usar com cabelo preso, dá aquele destaque pro brinco. Na Renner tem alguns modelos, até uns coloridos, na 25 de Março tem um monte, e mais uma tonelada de lojas nos shoppings, Instagram, você vai achar que gosta.

 

Fotos: Pinterest, Reprodução.

 

 

 

O figurino de O Rebu

O Rebu 2

Sou noveleira assumida, gosto mesmo de assistir novela. Se juntar novela boa com figurino impecável então, grudo na frente da tv. Nas primeira chamadas de O Rebu, Sophie Charlotte aparecia correndo com uma saia de tafetá vinho mega dramática, eu já soube que ia enlouquecer com o figurino. E fora que a novela é drama até o último fio de cabelo, te prende mesmo. Como a novela se passa dentro de 24 horas mais ou menos, e alguns flashbacks, os personagens usam praticamente uma peça a novela inteira, variando entre a roupa que usaram na festa, e no dia seguinte durante a investigação. A equipe de figurinistas, comandada por Cao Albuquerque e Natalia Duran, teve que produzir pelo menos 2 modelos iguais de cada roupa, para os atores irem alternando durante as gravações.

Duda - Sophie

Começando pelos melhores figurinos, a personagem de Sophie, Duda usa dois vestidos na festa, um longo dourado de renda e tule bordado com pedrarias e paetês, feito pela grife carioca Martu, sob medida para Sophie usar. Já o segundo vestido (quem mais está curiosa para saber quando e por quê ela trocou de vestido na festa?), um curto branco bordado com pérolas, é da Mabel Magalhães, o vestido custa em torno de 6000 reais e tem lista de espera para comprar. Ah o batom maravilhoso que ela usa, o amado Ruby Woo da MAC. A saia desejo de tafetá vinho é da estilista Patricia Nascimento e o top bordado é do Atelier Davidson Zanine, e desejo sair assim amanhã de casa. Mas na minha opinião o que realmente deu o encantamento da atriz na novela, foi o cabelo curtinho, o pai da atriz que cortou, e depois a equipe da Globo deu uma finalizada. O cabelo curtinho ficou lindo em Sophie, a deixou elegante, a inspiração vai da atriz Jean Seberg e do cantor David Bowie, mas para mim, ela ficou a cara de Audrey Hepburn. No flashback quando Duda conhece Bruno, ela usa um vestido preto de veludo Carolina Herrera.

O Rebu

Maria Anélica, personagem de Camila Morgado, usa um Saint Laurent Paris bordado, quase transparente. O vestido de Angela Mahler, Patricia Pillar, foi produzido pela próprio Projac, em veludo alemão. O vestido de Betina, a linda Laura Neiva, também foi produzido pelo Projac, sendo uma versão mais curta de um Valentino dos anos 50. Gilda, Cassia Kiss, usa um Carolina Herrera preto e branco de um ombro só, de morrer de tão chic, o look do dia seguinte com a camisa branca, também é maravilhoso.

Tem mais um monte roupas maravilhosas, o figurino masculino de smokings e ternos impecáveis, as roupas dos convidados da festa no dia seguinte. Teve assassinato, mas essa foi uma festa que todo mundo estava morrendo para não perder.

 

Fotos: Reprodução.

 

 

 

 

Camisa Oxford

Camisa oxford

Se tem uma peça que toda pessoa deve ter, independente de sexo, idade, é uma camisa de alfaiataria,branca ou azul. É uma peça clássica que vai do casual para o formal, dependendo de como usada, se bem cortada, fica bem em diversos tipos de corpos, é o tipo de peça que vale o investimento. Em contra-partida das camisas de seda, que reinaram nos últimos anos com suas diversas cores e estampas, a camisa de algodão surge com um toque de classe maravilhoso, bem passadas, em tons de branco, azul claro, listradas delicadamente, a camisa de algodão mostra porque se tornou um clássico.

Valentino

O modelo oxford, que é mais masculino, não tão justo ao corpo, e tradicionalmente na cor azul bem claro, virou objeto de desejo instantâneo depois que Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli usaram a camisa com suas peças étnicas super bordadas. A camisa era o total oposto daquele exagero das outras peças, o look se tornava leve, e não mais caricato.

Camisa oxford 2

Em ambiente formais, não existe melhor escolha do que uma camisa, com calça social, jeans com lavagem escura, combinados com um blazer, por exemplo. Se seu trabalho não é tão formal assim, use a camisa, branca ou azul clara, com uma calça de alfaiataria com estampada ou uma cor diferente, dá uma interessância pro look, mas ainda fica sério. Agora com o frio, a camisa é perfeita para sobreposições, com suéteres, como nos looks de baixo, a gola aparacendo e o detalhe do colar, ficam ótimos. Destaque para a sobreposição com o vestido, deu outra cara com a camisa por baixo.

Saia

 

A saia funciona muito bem tanto para trabalhar, como para sair. Para trabalhar, modelos mais retos e em cores escuras, para ambientes mais formais, e estampados e com diferentes modelagens, para lugares mais informais, mas atenção no comprimento. Para sair aí não tem problemas, minis, bordadas, rodadas, de renda, todas ficam maravilhosas com uma camisa.

Jeans

Mas é com o jeans que a camisa mostra como é versátil, com skinny, rasgado, flare, colorido, fica ótimo com todos os modelos. Com salto, ou sapatilha, o que vale é o conforto, o que você se sente bem. E mesmo podendo acessorizar como quiser, a camisa+jeans, funcionam tão bem, que parece besteira colocar qualquer coisa a mais.

Você encontra vários modelos em várias lojas, mais baratas como Renner e Zara, como outras mais caras, mas que valem o investimento como Dudalina, Le Lis Blanc, e Richards, que tem alguns modelos mais retos que ficam maravilhosas. E não se prenda as peças femininas, algumas masculinas vestem maravilhosamente bem, tenho uma rosa clarinha masculina que é paixão.

 

Fotos: Pinterest, Style.com, Instagram Garotas Estúpidas.