Babados na Couture

Kim Couture

Antes do post sobre a Couture Week, o que a gente gosta mesmo é dos babados. Começando por ela, a maravilhosa Kim Kardashian West, digam o que quiserem, a mulher chegou lá minha gente, primeira fila na Valentino (com os boobies de fora, mas abafa), está no Balmain Army, tira foto com todo mundo. Destaque para Kendall, estava linda na Chanel.

10411283_784526804902259_2486201490358531123_n

Gente quero ser amiga da Jennifer Lawrence pra ontem! A menina é bonita, talentosa, engraçada e enfia a mão na cara da amiga em pleno Dior Couture. A gente sabe que é brincadeira, Emma Watson até parece que sabe que Jennifer vai aprontar com ela, esse sorriso desconfortável já imaginava.

Conchita Gaultier

Para fechar seu desfile de alta-costura, Jean Paul Gaultier trouxe Conchita Wurst, com um vestido preto de tule com detalhes em vermelho mais luvas, e véu nos cabelos. Conchita é uma drag queen austríaca, que ganhou o concurso Eurovision, com um vestido criado por ela mesma. O desfile foi encerrado com a canção “Rise Like a Phoenix”, de Conchita, que deu sua vitória no concurso. Gaultier é conhecido por trazer pessoas diferentes em seus desfiles, e acertou lindamente com Conchita.

 

Fotos: Reprodução

Capas de Julho

Vogue Brasil

Começando com Karlie Kloss na Vogue Brasil, de Animale, gosto do fundo verde, dos bordados do vestido, que vai de encontro com a chamada  Novo western. E o quanto contrasta com a capa passada, Gisele e Neymar.

Elle BrasilContinuando com Copa e Gisele, a Elle Brasil está com a mesma capa da Elle França de junho,que também foi publicada na Elle China de junho, só mostrando como Gisele funciona sempre. Achei a capa linda, não é tão fashion, mas pela chamada natural chic, Gisele enrolada na bandeira, funcionou.

Harper's Bazaar BrasilNa estreia de Camila Garcia, diretora de redação interina da Harper’s Bazaar, assina a carta de editora da edição de julho, no lugar de Maria Prata. A revista continua com o conceito de dress down, a top holandesa Ymre Stiekema, com o jeans, camiseta branca e tênis, mostra bem o conceito. Não achei maravilhosa, até pela chamada dos novos jeitos de usar jeans, esperava uma capa mais fashion, com algo diferente, mas está bonita, e não é fácil fazer capa.

Glamour Brasil

Olho para essa capa e só penso uma coisa, o que aconteceu com a cabeça da Fiorella? Essa cabeça não pertence a esse corpo minha gente! Tirando isso, achei que uma capa com essa chamada de atrizes que viraram it-girls grita Marina Ruy Barbosa, ela tem um estilo maravilhoso, já alcançou o patamar de it-girl. Não que as atrizes escolhidas não sejam referências, mas achei que outras seriam mais, Thaila Ayala, seria outra. Mas a capa ficou bonita, gosto muito dessa cartela de cores, as roupas, todas Tecâ, ficaram lindas. Mas ainda fico olhando pra cabeça da Fiorella.

Harper's Bazaar Arábia

 

Rihanna na Bazzar Arábia está maravilhosamente bela de Dolce&Gabbana, a capa e o recheio seguem o oposto da, também maravilhosa, Vogue de maio. Rihanna está completamente coberta, em respeito a tradicional cultura do oriente médio, mas coberta de alta moda, ou seja, continua linda.

Vogue AmericaTerminando com a minha favorita, Lupita Nyong’o na Vogue América. Lupita está linda de Prada, Anna fez uma ótima escolha. Uma capa com cara de frescor, leveza, o sorriso de Lupita é uma graça, ficou ótimo.

Vogue LupitaMas é no recheio da revista que Lupita dá na cara da sociedade, enquanto a capa é mais leve, comercial, no ensaio, é moda, é performance. As fotos foram feitas no Marrocos, e Lupita está incrível, com um corpo maravilhoso, essa foto com a bola, é de morrer. As cores dos mosaicos, junto com as estampas das roupas, resultaram num trabalho impecável. Estou louca para comprar essa edição, simplesmente apaixonada por essas fotos.

 

Fotos: Reprodução

 

 

Kim Kardashian e seu jogo viciante

Começo o post pedindo desculpas pela falta de publicações nos últimos dias, fim de semestre na faculdade é cheio de trabalhos e provas, tudo ao mesmo tempo. E para completar, Kim chegou com seu joguinho, e acabou vida, me viciei totalmente.

Jogo Kardashian 1

 

Falo, não nego, adoro o mundo Kardashian, seus dramas sem sentido, Kris Jenner controlando a família toda, Kim se achando, Kourtney, Scott e sua filharada, e amo a Khoé e seu jeito direto/seco de ser (me identifico). Kim lançou seu app, achei que seria meio chatinho, mas instalei o jogo pra ver como era, não gosto muito desse tipo que jogo que, ou você espera um tempão as coisas carregarem, ou você gasta seu rico dinheirinho. Mas, não adiantou, me viciei, adoro as missões, quando Kim me liga, tudo ser com K, é altamente viciante, se você não tem tempo, nem baixe o app.

Jogo Kardashian 4

A ideia do jogo é simples, você ficar famosa, e ver como é a vida da Kim, e gente, essa vida cansa! Entre sessões de fotos, aparições em festas, dramas com moças invejosas, não ter dinheiro para comprar mais roupas!! Kim te ajuda a virar A-Listed, ela te apresenta para empresários, PR, fotógrafos, boys magia. E aí você tem que realizar as tarefas para ganhar pontos e subir na eskala hollywoodiana.

Jogo Kardashian 2

Caixa de correio, pombas, bicicletas, arbustos, manequins e malas, dão bônus de dinheiro, raio de energia e para passar de fase, eles podem ser tocados a cada 5 minutos para dar esses bônus, mas algumas vezes, eles recarregam em menos tempo.

É melhor começar uma missão logo que for dada, assim você ganha bônus de uma estrela já vir preenchida. E tente completar todas as estrelas antes do tempo acabar, assim você ganha mais dinheirinhos e mais fãs, que fazem você subir de D para C, e assim vai.

Algumas das tarefas dentro das missões dão mais pontos ao longo do jogo, como melhor luz, maquiagem e troca de figurino nas sessões, comer e beber nas festas. Trabalhar nas lojas Kardashian é uma boa forma de conseguir dinheiro rápido. Converse com todas as pessoas, networking é muito importante, sempre alguém pergunta se você conhece um outro alguém. Mudar de roupa, cabelo, conta pontos.

Mas a dica mais importante é não compre nada com suas dilmas! É sério, se começar, não vai mais parar e quando vai ver, vai ter gasto muito mais que deveria. Sei que é chato esperar a energia carregar, mas tenha paciência, não é nada fácil ser uma Kardashian.

O jogo é grátis para baixar, tem na App Store e no Google Play.

Sr.ª Olivia Palermo Huebl

Ela começou como a inimiga de Whitney Port em The Hills, e depois em The City. Bom se ela é a vilã da história ou não, ela se tornou ícone fashion de 9 entre 10 fashionistas.Com um estilo impecável que vai de Zara a Dior, é quase impossível Olivia decepcionar nos looks. E se não bastasse ter um estilo maravilhoso, seu namorado, agora marido, está além de boy magia, Johannes Huebl. Juntos a seis anos e meio, o casal fez uma cerimônia civil e íntima em Bedford, New York, com as famílias e alguns amigos.

The-really-Final-Shot-2

Achei que ela estava lindíssima, nada óbvio, cara de noiva, e o fashion icon que ela é. Tem que lembrar que esse foi apenas a cerimônia civil, correm rumores que o visto de Johannes estava vencendo, o modelo é alemão. A festa mesmo vai acontecer ainda. Mas mesmo assim, não vejo Olivia com um super vestido de noiva, achei esse look perfeito para ela. Um look simples de suéter creme, shorts brancos, sim ela estava usando shorts por baixo da saia, mas no jeito Olivia de se vestir, e uma saia de renda e tule Carolina Herrera. Make e cabelo nada demais, característicos dela. Johannes, só provou sua beleza superior, usando um terno branco, que é quase impossível vestir bem, ficou ainda mais estiloso.

The-Final-Solo-ShotDetalhe para o Manolo Blahniks azul, Olivia mostrando ser fã de SATC. Sr. e Sr.ª Huebl estavam impecáveis, Olivia só comprovou seu posto de ícone. Aguardo ansiosíssima para o vestido da festa e os looks das convidadas, que já devem estar enlouquecendo pensando no que vestir. Depois dessas fotos, só nos resta contemplar como a genética é boa com esse casal, que vai resultar em crianças maravilhosas e estilosas, e desejar encontrar algum Johannes por aí.

 

Fotos: Reprodução