Capas de Junho

Se junho tivesse que ser definido em uma palavra seria Copa, e suas variações claro, futebol, Brasil, esportes. Diversas as capas fizeram sua versão sobre a Copa do Mundo e o Brasil.

Vogue Brasil

Começando pela Vogue Brasil, com uma capa linda, se bem que com esse sorriso da Gisele, quase impossível uma capa chinfrim. E gostei da dupla, Neymar vende, Gisele mais ainda, gosto do branco, gosto de tudo. Next!

Vogue Espanha

E na Vogue Espanha, Cristiano Ronaldo pelado da silva! Com a namorada modelo, Irina Shayk. Não me convenço com Cristiano, mas é junho, é futebol. Achei o vestido dela uma escolha bem ruim, com tantos vestidos maravilhosos por aí, esse lençol amarrado, ficou bem pobrinho. Se bem que ele pelo (falta de) figurino dele, acho que a intenção era essa mesmo com o lençol.

Sem título-1 Na Vogue México, Isabeli Fontana com um vestido bem questionável também, são borboletas? Flores? Não sei, mas com tema Brasil podiam ter feito uma escolha bem melhor. E fora que não sei porque, mas meu santo não bate com o da Isabeli, acho que ela fotografa divinamente, mas não sei, tem algo que não vai. A Harper’s Bazaar Brasil, traz Isabeli total esporte, com detalhe para o Air Force 1 Nike Ricardo Tisci.

Vogue Paris

A Vogue Paris, não falou nem de Copa, nem de Brasil, falou de esporte, e fez uma capa lindíssima. Acho esse ângulo que pega dentro e fora d’água uma coisa maravilhosa. E a Natasha Poly está belíssima como sempre. Dividindo capa favorita com a Brasil.

raquel-zimmermann-adriana-lima-alessandra-ambrosio-isabeli-fontana-by-steven-meisel-for-vogue-us-june-2014

Na Vogue América, Anna Wintour sacou Raquel Zimmermann, Adriana Lima, Alessandra Ambrosio e Isabeli Fontana, e colocou o Team Brazil no recheio da revista. A capa, com a atriz, Charlize Theron, nada demais. Destaque para o fotógrafo Mario Testino, fez as capas da Vogue Brasil, Espanha e América, desse mês.

Elle Brasil

A Elle Brasil escolheu Beyoncé, em uma versão verde e amarela. Capa legal, mas me prende mais pelo excesso de photoshop, ninguém tem essa pele, do que por gostar da capa.

Elle China

Para fechar com Gisele, a Elle China também faz sua edição Brasil e acerta em cheio. Gisele fica ótima em produções mais básicas, e a capa chama atenção para o Brasil, mas sem nada caricato demais.

 

 

Fotos: Reprodução

Pied-de-Poule ou de-Coq?

58dae447f0c5080f8386a451e2b6dbad

Se tem uma estampa que é a cara do inverno é a pied-de-poule, u seria de coq? Ou as duas? Bem, para esclarecer, vamos a diferença:

Pied-de-Poule: “pé de galinha” é a versão reduzida da estampa.

Pied-de-Coq: “pé de galo” é o desenho ampliado.

Diferença
Ambas as estampas já se tornaram clássicos. Camisas, casacos, acessórios, são super elegantes. A melhor maneira de combinar uma peça estampada, é com branco, preto ou cinza, já que, tanto o pied-de-poule, quanto o de coq, normalmente são preto e branco.  A calça por ser inteira estampada, aumenta o quadril, o melhor é com o fundo da estampa escuro e a padronagem menor. O mesmo vale para a saia. Para arrasar, use a saia com meia calça, o look fica ainda mais chic.

Pied 1

 

 

Nos acessórios, o pied-de-poule e de coq ficam lindos, os lenços, sapatos e bolsas, dependendo de como usados, vão do clássico ao moderno. A camisa com o pied-de-coq ainda mais ampliado, é item que tem que ter no armário. Então arrase nesse inverno, que está batendo na porta esses dias, com o pied-de-poule, e o de coq também!!

Pied 2

 

Fotos: Pinterest

 

 

 

 

Saia midi

Acho o midi o comprimento mais chic que existe. Mas para ficar estranho, basta uns centímetros. Como o midi é considerado qualquer comprimento abaixo do joelho e um pouco acima do tornozelo, a altura da barra pode destruir o look. Para mim, o melhor, é até uns quatro dedos abaixo do joelho.

As saias rodadas midi vão do romântico, ao clássico, ao moderno, dependo do look. Para não ficar com cara de vó, tem que ter uma interessância, uma camiseta, um acessório, uma cor forte, texturas diferentes.

Midi 1

 

Por ser um comprimento abaixo do joelho, para o look ficar achatado é fácil, o melhor é usar com salto alto, não precisa ser altíssimo, mas qualquer salto já da uma altura. O modelo godê, rodado, não é o melhor para quem tem quadril largo, já que aumenta ainda mais essa parte. O melhor são os modelos retos, ou usar cores próximas e preferir modelos sem estampas com cores escuras. Usar com meia calça e saia preta, é uma ótima forma de alongar o look também.

As blogueiras Thássia Neves e Camila Coutinho usam a saia midi de maneiras ótimas. Thássia adora misturar estampas e os modelos bem rodados. Camila usa looks monocromáticos perfeitos para quem tem vontade usar, mas não sabe como. Blair Eadie, também blogueira, é quem mais arrasa com a saia midi, looks apaixonantes, inspiração não falta.

Midi 2

Fotos: Pintest, Garotas Estúpidas, Blog da Thássia, Atlantic Pacific

 

 

Para quem você se veste?

Dizem que as mulheres se vestem para outras mulheres, afinal quem mais repara em roupas do que nós? Mas e você, para quem se veste? Para suas amigas comentarem, seu marido, namorado, elogiar, ou para se sentir como você mesma?

Iris Apfel

 

Eu acredito que devemos nos vestir para nós mesmas. É aquela velha história, só podemos amar alguém de verdade, se nos amarmos. E que melhor maneira de trabalhar esse amor usando o que temos vontade? Se conhecer é uma tarefa nada fácil, leva tempo, paciência, escolhas muitas vezes difíceis. Mas quando a gente se encontra, ah aí fica melhor, ou não, tem que ter coragem para se mostrar de verdade, saber que você não vai agradar todo mundo, mas saber também que no final do dia, a opinião das pessoas nem tem tanto peso assim. Você já sabe quem é, e é feliz assim.

EE Cummings

 

Mas aí você me pergunta: Amanda, onde a roupa entra nisso? A roupa é quase o centro disso! Há uns 2 anos eu percebi que tinha me encontrado mesmo, eu conheci pessoas completamente diferentes de mim, com criações, culturas, gostos, totalmente opostos, mas que no final adoravam uma tonelada de coisas que eu também gostava! E ali eu me senti confortável, eu podia usar um batom vermelho com turbante as 7 da manhã, mas também podia estar sem nenhuma maquiagem e de blusa de moletom, podia falar sobre problemas pessoais que só eu sabia, mas também sobre o casamento da Kim Kardashian. Mas principalmente, essas pessoas usavam o que elas sentiam vontade, e não estavam nem aí para os olhares no metrô, elas se vestem para agradar elas mesmas.

Sem título-1

 

Ouvi uma vez de uma mulher que ela só comprava uma roupa se seu marido gostasse, não a julgando, mas como assim?? Mas e se você gostar e ele não, nada feito? Pode isso não gente! Não estou dizendo para se rebelarem, é claro que é maravilhoso ouvir um elogio de quem a gente ama, usar aquele vestido que você sabe que ele adora ver em você. Mas e quando você quiser sair sem ele (e até com ele)? Nada te impede de usar aquela roupa fashionista que você morre de vontade, mas o boy acha horrível. Se você se vê maravilhosa, está tudo ótimo, é claro que com ressalvas, as vezes mesmo a gente se achando linda, a roupa não funciona de jeito maneira.

Eu acredito que a moda é uma forma de expressão, pelas cores, estilos, passamos uma imagem para o mundo sem dizer uma palavra. Sua roupa é sua armadura, você se protege e vai para a batalha, e que melhor armadura a que você se sente mais confortável? Mas até ter certeza de qual é a melhor, experimente muitas, diversas, não tenha medo do que os outros vão pensar. Até hoje o que mais ouço quando uso chapéu é que as pessoas morrem de vontade, mas não tem coragem (ainda bem que quem me acha estranha não fala nada). Então que tal criar coragem? Vamos descobrir quem somos, usar o que queremos usar, ser quem queremos ser. E muito obrigada para quem me acompanhou até aqui, tenho fortes tendências a falar/escrever eternamente.

Rachel Zoe

Pelo sim, pelo não

Já faz uns dois invernos que o colete de pelos tem tentado aparecer. Eu fui de um feito pela minha vó (Beijo Vó Vitória! Melhor costureira do mundo!!) a 6, isso dentro de um ano, acho que já deu para perceber que adoro. Além de esquentar bastante, afinal é inverno, eles dão uma cara mais fashion pro look.

Eu prefiro os mais compridinhos, ficando bem na linha do quadril ou um pouco abaixo. Tenho tanto o de pelos longos como os curtos, parecendo uma pelúcia. As cores vão dos mais claros ao preto, passando pelos manchados, meio degradê. Meus favoritos são os marrons e os pretos, combinam com calça jeans, legging preta.

Um look para quem está na dúvida pode ser calça jeans, um tricot leve, sapatilha e colete, podendo trocar por uma legging, uma bota. O look total black também funciona muito bem. Quando estiver mais frio, uma jaqueta por baixo, desde que seja mais sequinha, combina bem. Se seu colete for grande, mesmo um casaco mais grosso, fica ótimo por baixo. Mas nada de colete por baixo, ele vai dar um volume enorme!

Colete de pelos

A Olivia Palermo, que não basta ser rica, linda e ter um boy que vai além de magia, tem um estilo impecável. Ela adora um colete de pelo, e sabe combinar desde com o jeans, como com vestido de festa.

Olivia Palermo

 

Fotos: Pinterest

 

 

Lenços

Nada mais fácil para resolver um bad hair day do que um lenço. Em faixa, turbantes, são várias opções. Sei que não são nada comuns, e pedem um pouco de coragem para quem usar, eles atraem olhares curiosos. Mas acredito que a moda é uma forma de se expressar, temos que usar o que gostamos e o que temos vontade, claro que quando o momento for adequado.

Com cabelo preso ou solto, os lenços são uma ótima maneira de deixar o look diferente. Quadrados, retangulares, lisos, estampados, é só fazer uma faixa e prender ao redor da cabeça, esse preso tem diversas variações, um nó, torcidinho, laço. Já para fazer o turbante, um lenço quadrado dobrado em triângulo, fica perfeito. Beijos para a Rafa, ela arrasa no turbante mais que todo mundo!!

Lenços

Graças a nossa amada internet, existem diversos tutoriais ensinando como amarrar os lenços. Para quem tem o cabelo liso, prefira os lenços não acetinados, eles escorregam muito no cabelo. E se mesmo com o tutorial, ainda ficou a dúvida de como amarrar, algumas lojas vendem a faixa/turbante pronta, é a faixa, ou com um nó ou um torcido no centro, e um elástico juntando as pontas. Tenho um desse jeito e é ótimo para quando estou com pressa, só colocar rapidinho na cabeça, com cabelo solto, por baixo ou por cima do cabelo, rabo de cavalo, coque.

Fotos: Pinterest, Xssat Street Fashion, Naturallissima, Hair Romance

Batom vinho

Tenho um sério caso de amor com o batom vinho, acho que deixa qualquer make chique com um produto. Tem uma vibe dark e misteriosa que funcionam maravilhosamente no inverno. Mesmo sendo uma cor forte, acho que funciona bem mesmo durante o dia, um tom não tão fechado e muito rímel, ficam ótimos. Para a noite, um olho bem marcado, funciona muito bem. O vinho funciona em todos os tons de pele, tanto para as mais branquinhas quanto para as negras.

batom vinho 1

 

Com ótimas opções de todos os preços, é fácil encontrar o seu batom vinho.

batom vinho 2

1. Vinhíssimo – quem disse, berenice? 2. Futilidades, Tracta 3. Black Cherry – Contém 1g

4. Cuba – Duda Molinos 5. Fixed On Drama, MAC 6. Diva, MAC

Fotos: Pinterest, Tracta, quem disse, berenice?